Prefeito de Niterói é preso em ação da Polícia Civil e do MP
10/12/2018 08:48 em Política

O prefeito de Niterói (RJ), Rodrigo Neves, foi preso na manhã desta segunda-feira (10) durante ação da Polícia Civil e do Ministério Público.

Ele é acusado de ter recebido R$ 10 milhões em esquema no qual empresas de ônibus do município repassavam 20% dos valores de reembolso de gratuidade de passagens, fornecido pela prefeitura. Segundo o G1, passagens gratuitas na cidade fluminense são garantidas a alunos da rede pública de ensino, a idosos e a pessoas portadoras de necessidades especiais.

Além do prefeito foram presos Domício Mascarenhas de Andrade, ex-secretário de Obras de Niterói, acusado de negociar e arrecadar as quantias; e os empresários João Carlos Félix Teixeira, presidente do consórcio TransOceânico e sócio da Viação Pendotiba, e João dos Santos Silva Soares, presidente do consórcio Transnit e sócio da Auto Lotação Ingá.

As autoridades chegaram à casa do prefeito às 6h desta segunda-feira. Fizeram buscas no local e, também, na prefeitura de Niterói.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

© Divulgação / Luciana Carneiro

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!