terça-feira , 21 agosto 2018
Home / Polícia / Arrombamentos e cédulas falsas no comércio de Várzea Alegre

Arrombamentos e cédulas falsas no comércio de Várzea Alegre

Em menos de uma semana já foram dois estabelecimentos comerciais arrombados (Foto: Reprodução/ Google Maps)

Em 19/07/2018 às 11:13

A polícia de Várzea Alegre apreendeu dois adolescentes de 16 e 17 anos acusados de praticarem arrombamento contra um estabelecimento comercial na madrugada desta terça-feira na Rua Raimundo Bilé no bairro Riachinho. O comerciante Antonio Duarte de Oliveira, de 59 anos, disse ter ouvido barulhos provenientes do mercantil e, ao abrir a janela, percebeu dois rapazes em fuga levando um pote com moedas, alguns maços de cigarros e pastilhas.

A dupla usou uma alavanca e um pedaço de pau para forçar o portão e adentrar o estabelecimento. A polícia foi avisada e pouco mais de seis horas depois conseguiu localizar os acusados de iniciais J de S. C., de 16, e A. E dos S. O., de 17 anos, residentes próximos ao local do arrombamento. Parte do que foi levado do mercantil terminou encontrado na casa do adolescente de 17 anos, sendo ambos conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.

Na semana passada e, igualmente pela madrugada, já tinha sido arrombado um estabelecimento comercial no bairro Rosinha em Várzea Alegre. Segundo o comerciante Wanderley de Sousa Oliveira, de 28 anos, os acusados adentraram o mercantil após arrombarem um portão localizado no fundo do prédio quando levaram R$ 60,00 em moedas, cerca de 10 desodorantes, três pacotes de cigarros e uma cartela de isqueiros.

Por outro lado, a polícia de Várzea Alegre foi avisada sobre cédulas falsas passadas no comércio da cidade há algumas semanas e vinha investigando. Posteriormente, tal crime parece ter se transferido para Assaré com prisões de acusados. Só que o agricultor varzealegrense, Edivan Vieira Diniz, de 45 anos, avisou à polícia ter recebido uma cédula falsa de R$ 50,00 de Jonas Euclides de Souza Mesquita, de 20 anos, residente rua Vicente Honório no bairro Riachinho. Já este disse que estava com Júlio Cezar Vitor de 18 anos, residente no mesmo bairro, e ambos foram levados à delegacia.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Compartilhar

Veja Também

Estudante de Direito é presa por passar informações a quadrilha que matou PM

Em 20/08/2018 às 11:36 Uma estudante de Direito de 21 anos foi presa na manhã deste ...

Deixe uma resposta