terça-feira , 16 outubro 2018
Home / Brasil / Câmara de SP pode aprovar auxílio-saúde e alimentação a vereadores

Câmara de SP pode aprovar auxílio-saúde e alimentação a vereadores

O salário dos vereadores de São Paulo é de R$ 18.991,68 © Leon Rodrigues

Em 23/05/2018 às 14:53

Câmara Municipal de São Paulo pode aprovar nesta quarta (23) uma proposta que dá aos vereadores e servidores da casa o direito de receber um auxílio-alimentação no valor de R$ 573,45 e um auxílio-saúde que pode chegar a R$ 1.079 mensais.

O salário dos vereadores de São Paulo é de R$ 18.991,68.

Os benefícios estão previstos em um substitutivo de um projeto de lei, escrito no ano passado pela mesa diretora da Câmara à época, que ainda não prosperou. Na sessão desta quarta, a votação do projeto de lei está prevista na pauta, abrindo espaço para a inclusão do substitutivo ou de uma nova versão dele. A redação ainda pode mudar.

Como o projeto de lei já foi aceito em primeira votação, sua aprovação com o substitutivo já significaria a adoção dos benefícios, faltando apenas a sanção do prefeito Bruno Covas.

A justificativa do substitutivo redigida no ano passado afirma, em relação ao auxílio-saúde, que o subsídio pode “gerar uma série de ganhos para a Câmara Municipal de São Paulo, como é o caso, por exemplo, da redução do absenteísmo, que em última análise acarreta aumento da produtividade e melhoria do clima organizacional”.

O auxílio seria dado na forma de ressarcimento de gastos com saúde, em valores progressivos em função da idade do servidor.

Com respeito ao auxílio-alimentação, a justificativa do substitutivo argumenta que a Assembleia Legislativa de SP já o adota.

A assessoria da Câmara afirmou que os benefícios “foram um pedido do sindicato dos servidores do Legislativo” e que o texto ainda não está fechado. Com informações da Folhapress. 

POR FOLHAPRESS

Compartilhar

Veja Também

Governo desiste de adiar horário de verão, que começa em 4 de novembro

Em 16/10/2018 às 02:10 O governo decidiu manter para o próximo dia 4 de novembro ...

Deixe uma resposta