sexta-feira , 15 dezembro 2017
Home / Curiosidades / Curiosidade: Os Efeitos de uma Explosão Nuclear

Curiosidade: Os Efeitos de uma Explosão Nuclear

06/12/2017 às 15:14:16

Os efeitos de uma explosão nuclear dependem diretamente da capacidade de destruição da bomba utilizada. Em Hiroshima, por exemplo, a explosão ocorrida em 1945 usou uma bomba nuclear que tinha cerca de 15 quilotons, ou 15 mil toneladas de dinamite.

Já as bombas de hidrogênio modernas podem chegar a uma potência de aproximadamente 50 megatons, ou 50 milhões de toneladas de dinamite, e causam estragos ainda mais devastadores. Durante uma explosão nuclear, a destruição acontece de forma generalizada.

Na chamada região de Blast, zona de maior destruição da bomba, no hipocentro da explosão, o primeiro efeito é o surgimento de uma bola de fogo. Nessa área, todas as pessoas e animais morrem imediatamente por causa do calor e da radiação.

Bomba Atômica

Outro efeito imediato é a geração da radiação térmica, que provoca queimaduras e incêndios, levando os sobreviventes da explosão à morte por carbonização. Depois da explosão nuclear, a região afetada fica sob o efeito da radiação por muitos anos, e as pessoas que têm contato com essa radiação podem desenvolver câncer e sofrer mutações genéticas, passando o problema para as futuras gerações e levando a deformações.

Outro efeito da explosão nuclear é a radiação residual, que são as cinzas nucleares que se espalham pela atmosfera. De uma forma geral, as explosões nucleares resultam em temperaturas altíssimas e danos extremos à natureza e à vida humana. Uma explosão nuclear em grande escala poderia, inclusive, significar o fim da vida na Terra.

Curiosidades.com

Compartilhar

Veja Também

Curiosidade: A verdadeira história que inspirou o filme: O Sexto Sentido

  25/11/2017 às 19:14:30   No cinema, o suspense e o terror são dois gêneros que ...

Deixe uma resposta