domingo , 19 agosto 2018
Home / Ceara / Em junho, Seca Grave cresce em municípios da região Sul do Ceará

Em junho, Seca Grave cresce em municípios da região Sul do Ceará

O balanço foi feito em comparação com o mês de maio deste ano; e divulgado pela Funceme através do Monitor da Seca (Foto: Reprodução/Internet)

Em 18/07/2018 às 13:15

No mês de junho, a “Seca Grave” cresceu na região Sul do Ceará, em comparativo com o mês de maio de 2018. O balanço foi divulgado pelo Monitor da Seca, plataforma dos institutos de metereologia do Nordeste, entre eles a Fundação Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos (Funceme) que fiscaliza a situação hídrica de todos os estados do Nordeste.

De acordo com Funceme, “as chuvas que ocorreram no mês de junho não contribuíram para a redução da intensidade da seca. Na região sul, os indicadores de curto e longo prazo apontam uma piora no grau de severidade da seca”. 

A área em situação mais crítica atinge municípios como Parambu e Aiuaba, no Sertão dos Inhamuns; e Araripe, Nova Olinda e Crato na região Cariri-Centro Sul. O Ceará apresenta, além de “Seca Grave”, índices de “Seca Relativa”, “Seca Fraca” e “Seca Moderada”.

“Nas demais áreas deste estado, os indicadores não mostram alterações no quadro de seca. Em uma ampla área, na região norte, são observadas condições sem seca relativa”, complementou a Funceme em relação à situação das outras partes do Estado.

Fonte: Diário do Nordeste

Compartilhar

Veja Também

Estado teve prejuízo de R$ 144 milhões com desperdício de água

Em 09/08/2018 às 11:10 Em meio a escassez hídrica que atinge o Ceará nos últimos ...

Deixe uma resposta