sexta-feira , 19 outubro 2018
Home / Polícia / Jogador é preso suspeito de furtar celulares de loja

Jogador é preso suspeito de furtar celulares de loja

© Reprodução / TV Anhaguera

Em 20/07/2018 às 12:46

atacante Wellington Júnior foi preso nesta última quinta-feira (19) suspeito de furtar telefones celulares na loja em que ele trabalhava na cidade de Jataí, no sudoeste de Goiás. O atleta tem 20 anos e defende a Jataiense, equipe que disputa a Série B do Campeonato Goiano. A estreia dele no time estava marcada para o próximo domingo.

De acordo com o G1, o crime foi registrado pelas câmeras de segurança da loja. As imagens mostram Wellington pegando aparelhos no depósito em uma quantidade superior à que ele deveria entregar aos clientes. A Polícia Civil acredita que o jogador tenha desviado mais de 90 aparelhos.

“As primeiras pessoas que adquiriram estes aparelhos foram, em seguida, apreendidas ou abordadas. Elas apresentaram nomes de algumas pessoas em comum, de quem haviam comprado este aparelho”, disse o delegado Adelson Candeo Junio, em entrevista à TV Anhanguera.

“Eles apresentavam os mesmos intermediários que, por sua vez, apontavam o nome do Wellington sendo responsável pelos desvios”, completou o delegado.

Os advogados de Wellington disseram que ele só vai se pronunciar após prestar depoimento, o que ainda não aconteceu. O jogador, que além do esporte trabalhava no estabelecimento comercial, foi preso e autuado por furto qualificado e pode pegar até 8 anos de prisão, caso seja condenado.

O jogador estava há 10 dias treinando na Jataiense. O clube emitiu um comunicado repudiando “atos delituosos”.

“A Associação Esportiva Jataiense repudia, deixando bem claro, quaisquer atos delituosos. Confirmadas todas estas acusações, com certeza a Jataiense deverá proceder com o desligamento do atleta”.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Compartilhar

Veja Também

Jovem músico da banda de Nova Olinda morreu num acidente de trânsito

Em 17/10/2018 às 09:56 Um acidente de trânsito com vítima fatal foi registrado por volta das ...

Deixe uma resposta