sexta-feira , 21 setembro 2018
Home / Política / Justiça manda derrubar vídeo de deputado com ofensas a Gleisi

Justiça manda derrubar vídeo de deputado com ofensas a Gleisi

© Jefferson Rudy/Agência Senado

Em 19/03/2018 às 19:20:14

A Justiça acatou um pedido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e, por meio de medida cautelar, determinou que o deputado estadual Ricardo Arruda (PEN) retire do ar um vídeo ofensivo à senadora e ao Partido dos Trabalhadores (PT), publicado em sua página do Facebook. A partir do momento em que receber a notificação judicial, expedida na última sexta-feira (16), o deputado terá 24h para cumprir a determinação.

Ricardo Arruda, que se autointitula o “xerife da campanha de Jair Bolsonaro no Paraná”, responde nesse caso por crime de injúria (delito de ofensa à honra), e o processo tramita em órgão especial do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR).

No vídeo em questão, Arruda usa expressões como “partido criminoso”, “são mentirosos, bandidos e vagabundos”. Na decisão, o desembargador afirma que há “o perigo de dano à honra” da senadora, presidente da legenda, “sobretudo em razão de ter sido veiculado em rede social de grande alcance nacional”.

Para os advogados de Gleisi, a injúria é essencialmente uma manifestação de desprezo capaz de ofender a honra da pessoa. “É preciso dar um basta nessa cultura de agressão, caluniosa e difamatória, que extrapola a liberdade de expressão. Em se tratando de parlamentar, esse comportamento de caráter misógino se beneficia ainda da imunidade conferida pelas instituições democráticas para destilar ofensas e ferir o decoro. Não podemos nos calar diante de situações assim”, disse a senadora.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Compartilhar

Veja Também

Após Datafolha, Ciro diz para eleitores desconsiderarem pesquisas

Em 20/09/2018 às 13:22 Após aparecer estagnado com 13% das intenções de voto na pesquisa Datafolha ...

Deixe uma resposta