quinta-feira , 18 outubro 2018
Home / Polícia / OAB-CE cobra investigação sobre consecutivos assassinatos de advogados

OAB-CE cobra investigação sobre consecutivos assassinatos de advogados

Na terça-feira da semana passada, o advogado criminalista Erivaldo Rodrigues foi executado, também no Município de Caucaia (Foto: Reprodução)

Em 19/07/2018 às 08:45

Os consecutivos ataques contra advogados criminalistas devem fazer com que a Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE) peticione, nesta semana, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) a fim de solicitar uma apuração rigorosa e investigação referente aos dois assassinados nos últimos dias.

A intenção da Ordem foi divulgada, ontem, um dia após um advogado ser morto no Município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Renato Rocha foi alvejado por, pelo menos, cinco disparos de arma de fogo, enquanto estava dentro da sua residência, local onde também funcionava o escritório da vítima, no bairro Parque Soledade.

Sete dias antes do assassinato contra Rocha, um outro advogado, da mesma especialidade, já havia sido executado, também em Caucaia. A ação criminosa contra as vítimas aconteceu com características semelhantes.

Erivaldo Rodrigues, morto no dia 10 deste mês, estava dentro do seu escritório de advocacia, quando homens armados invadiram o local e dispararam diversas vezes contra ele. Rodrigues também já tinha atuado como vereador de Caucaia e era policial civil aposentado.

Para o presidente da OAB-CE, Marcelo Mota, a petição “não se trata só de defender as prerrogativas da advocacia com a garantia indispensável ao exercício profissional, se trata de defender a vida. Vamos acompanhar as investigações e cobrar a apuração dos fatos, bem como a punição dos criminosos”, explicou.

Ontem, em entrevista coletiva, o titular da SSPDS, André Costa afirmou que “todo e qualquer caso de morte envolvendo advogado, preocupa. Essa profissão é fundamental à Justiça das pessoas. Naturalmente, sempre damos celeridade aos casos. Mas entendo o pedido e a cobrança do presidente da OAB-CE sobre o caso precisar de atenção”.

Fonte: Diário do Nordeste

Compartilhar

Veja Também

Jovem suspeito de ´pelo menos´ 15 mortes é baleado em troca de tiro com PM

Em 17/10/2018 às 09:39 Um adolescente de 15 anos foi detido após entrar em confronto com ...

Deixe uma resposta