quarta-feira , 17 outubro 2018
Home / Polícia / Polícia vasculha vídeo de mãe PM reagindo a bandido e descobre comparsa; confira

Polícia vasculha vídeo de mãe PM reagindo a bandido e descobre comparsa; confira

15/05/2018 às 13:09:20

O vídeo que praticamente tornou-se viral em todos os meios de comunicação do país e principalmente possibilitou que repercutisse intensamente nas redes sociais em todo o Brasil, a partir de uma ação heroica realizada pela policial militar Kátia da Silva Sastre, de 42 anos de idade, proporcionou que a área de inteligência da Polícia Civil desvendasse uma outra situação ocorrida.

A disponibilização das imagens de toda a tentativa de assalto em uma escola particular localizada na cidade de Suzano, na região metropolitana da capital paulista, indicou uma novidade. A tentativa de assalto ocorreu na manhã do último dia 12 de maio, véspera das comemorações do Dia das Mães.

Logo na parte da manhã, as mães, crianças e funcionários de um colégio particular de Suzano se reuniram em frente à escola para dar início as festividades, quando acabaram sendo abordados por um criminoso. Ao anunciar o assalto, a reação de uma mãe policial militar foi contundente.

Ela baleou o criminoso Elivelton Neves Moreira, antes que o assalto pudesse acontecer na escola particular Ferreira Master. Entretanto, após os investigadores da Polícia se debruçarem na análise do conteúdo do vídeo captado por câmeras de monitoramento do local, uma nova informação veio à tona.

Situação ‘estranha’ é desvendada pela polícia em vídeo
A polícia, ao fazer uma análise minuciosa do vídeo que resultou na morte do criminoso Elivelton, a partir da reação da cabo Kátia, pôde desvendar uma situação considerada estranha, de acordo com as imagens da câmera de monitoramento no local bem em frente à escola.

Elas mostram que antes de o assaltante apontar a arma contra mães e crianças, um veículo de modelo Ford Fiesta prata que passava momentos antes pela rua em frente ao local da tentativa de assalto.

Segundo os investigadores da área de inteligência da Polícia Civil, dentro desse veículo se encontrava um comparsa do bandido morto, que acabou não tendo, por ora, o nome revelado. O suspeito acabou sendo apresentado à Polícia Civil da cidade de Suzano, em São Paulo.

Ao analisar a placa do veículo, os policiais verificaram que havia uma falsa comunicação de crime. O fato se refere a um boletim de ocorrência eletrônico que informava que o automóvel havia sido furtado próximo à estação ferroviária da cidade de Itaquaquecetuba, no mesmo dia da tentativa de assalto a escola.

Entretanto, o horário que fora informado a respeito do suposto roubo do veículo prata, se tratava do mesmo horário em que o carro passava pela rua da escola, justamente a poucos instantes do crime. A Polícia Civil localizou ainda a esposa desse suspeito de participação no crime, que, ao prestar depoimento, confessou que o marido teria participado da tentativa de assalto.

Veja o vídeo com a participação do suposto comparsa do criminoso morto:

Blastingnews

Compartilhar

Veja Também

Quatro mulheres são vítimas de feminicídio em São Paulo

Em 15/10/2018 às 11:14 Quatro vítimas de feminicídio morreram neste feriado prolongado no estado de São ...

Deixe uma resposta