quarta-feira , 17 outubro 2018
Home / Polícia / Presos três acusados do tráfico de drogas em Milagres e Juazeiro do Norte

Presos três acusados do tráfico de drogas em Milagres e Juazeiro do Norte

“João Sem Coração” foi preso em Milagres, enquanto o casal Edina e Francisco “caiu” no bairro Pio XII em Juazeiro (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Em 14/06/2018 às 09:35

Três pessoas acusadas do tráfico de drogas foram presas num intervalo de duas horas entre o final da manhã e início da tarde desta quarta-feira em Milagres e Juazeiro do Norte. Por volta das 11h30min, na Vila Padre Cícero em Milagres, a polícia prendeu João Patrício de Oliveira, de 37 anos, o “João Sem Coração”, ali residente. Ele já responde procedimentos por crimes de lesão corporal, ameaça, assalto, danos, desacato, tráfico e uso de drogas.

Denunciantes apontaram que estaria vendendo drogas na ponte do Riacho dos Porcos e uma Patrulha com os Soldados Guimarães, Simplício, Rocha e De Morais foi lá encontrando o menor de iniciais N. D. S. R., de 17 anos, com uma trouxinha de maconha que tinha comprado a João. O mesmo foi preso e levado à presença do Delegado de Milagres, Gleydson Machado Calheiros, juntamente com o adolescente que confirmou ter comprado a droga a “João Sem Coração”.

Duas horas depois a equipe RAIO 01 esteve na Rua Domingo Sávio (Pio XII), onde flagrou Edina da Silva, de 38 anos, colocando dentro do cesto de lixo do banheiro 28 papelotes de cocaína e sacos plásticos usados para embalar drogas. O companheiro dela Francisco Santino da Silva, de 48 anos, também estava em casa e, da mesma forma, foi levado à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil. Os “raianos” tinham recebido denúncias anônimas que, no imóvel, funcionava um ponto de venda de drogas.

No dia 12 de março de 2011, na Rua Santa Tereza, 747 (Pio XII), o casal já tinha sido preso. Edina tentou impedir a entrada da polícia, mas um soldado acessou por uma casa vizinha e flagrou “Santinho” em cima do muro jogando sacolas de drogas no telhado de outras casas. Naquele dia, a patrulha apreendeu um revólver calibre 38, meio quilo de maconha, mais 32 papelotes da “erva” e 250 gramas de cocaína. No dia 10 de março de 2015 Edina voltou a ser presa em sua casa na Rua Santa Tereza, onde os PMs encontraram um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos e 100 gramas de maconha.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Compartilhar

Veja Também

Quatro mulheres são vítimas de feminicídio em São Paulo

Em 15/10/2018 às 11:14 Quatro vítimas de feminicídio morreram neste feriado prolongado no estado de São ...

Deixe uma resposta