sexta-feira , 15 dezembro 2017
Home / Mundo / Tribunal argentino ordena prisão preventiva de Cristina Kirchner

Tribunal argentino ordena prisão preventiva de Cristina Kirchner

© Marcos Brindicci/Reuters

Em 07/12/2017 às 12:07:13

juiz argentino federal, Claudio Bonadio, processou a ex-presidente do país, Cristina Kirchner, e solicitou o impedimento de suas funções legislativas e prisão preventiva pela possibilidade de a ex-líder argentina estar encobrindo funcionários iranianos acusados de atentado contra AMIA em 1994, informa a mídia local.

A solicitação do juiz para impedir as funções legislativas da ex-líder do país será transferida à Comissão de Assuntos Constitucionais da Câmara Alta, que terá 180 dias para tramitar o requerimento judicial.

Em sua resolução, Bonadío alegou que a ex-presidente poderia dificultar o processo devido aos contatos que ela possui. Com informações do Sputnik Brasil.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Compartilhar

Veja Também

Trump e Tillerson se contradizem em posição a Coreia do Norte

Em 14/12/2017 às 09:42:20 A fala do ex-secretário de Estado norte-americano Rex Tillerson na terça-feira pode até ...

Deixe uma resposta