Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Em apenas 15 dias de novembro, 17 mulheres foram assassinadas no Ceará
17/11/2018 10:25 em Polícia

A Polícia Civil cearense  investiga a morte de uma mulher idosa ocorrida na cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), durante o feriado. O corpo foi encontrado pelos vizinhos na residência da vítima, onde também funcionava um bar. A principal suspeita é de que o companheiro da vítima seja o autor do assassinato. Com o caso, já são 17 mulheres mortas no Ceará nos primeiros 15 dias de novembro. No acumulado do ano, são 414 assassinatos no estado.

O corpo de Maria Ida Alexandre de Sousa, 74 anos, foi encontrado pelos vizinhos nesta quinta-feira (15), que acionaram a Polícia Militar. Segundo o relato de moradores, a mulher estava desaparecida. O bar permaneceu fechado e os familiares dela, residentes em São Paulo, perderam o contato com Ida há três dias e pediram aos vizinhos que fossem verificar o que havia ocorrido.  O corpo, então, foi descoberto dentro da residência.

Um homem de 35 anos, que teria um relacionamento com a idosa, está desaparecido e apontado como principal suspeito do caso. Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) juntamente com inspetores da Delegacia Metropolitana de Maranguape (DMM) apuram o caso. O corpo de Ida foi encaminhado à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Balanço

Nos primeiros 15 dias de novembro, 17 mulheres foram mortas no Ceará, sendo sete casos em Fortaleza, nos bairros Paupina, Bom Jardim, Passaré, Jacarecanga, Messejana e Parque São José (um duplo homicídio vitimando duas garotas).

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram cinco crimes nos seguintes Municípios: Caucaia (2), Chorozinho, Pacajus e Maranguape.

No Interior, cinco mulheres foram assassinadas nestes 15 dias de novembro nos Municípios de Parambu, Catunda, Bela Cruz, Itarema e Caridade.

Fonte: Ceará News 7

 (Foto: Reprodução)

COMENTÁRIOS