Diego Souza leva São Paulo à vitória sobre o Cruzeiro
18/11/2018 20:47 em Esporte

O São Paulo garantiu vaga na Libertadores de 2019. Neste domingo (18), o time paulista venceu o Cruzeiro por 1 a 0, no Morumbi, e assegurou ao menos a classificação para a fase preliminar da competição sul-americana. A equipe ainda continua perto dos quatro primeiros, que se classificam direto para a fase de grupos do torneio. O Grêmio, quarto colocado, venceu a Chapecoense nesta rodada.

Depois do empate no confronto direto com o Grêmio, o São Paulo entrou em campo precisando da vitória para não permitir a chance de o rival gaúcho se distanciar na tabela. Apesar de um jogo de pouca inspiração, o Tricolor conseguiu o resultado positivo com gol de Diego Souza e permanece com a mesma pontuação dos gaúchos (62), mas leva desvantagem no número de vitórias (17 a 16).

Apesar de ainda perseguir a vaga direta na fase de grupos da Libertadores, o São Paulo já assegurou ao menos a classificação para a etapa preliminar da competição. O time comandado por André Jardine soma 12 pontos de vantagem para o sétimo colocado e não corre mais risco de ficar de fora dos seis primeiros do Brasileiro. O Cruzeiro, que já assegurou vaga na Libertadores por conta da conquista da Copa do Brasil, está na 8ª posição, com 49 pontos.

As equipes voltam a campo no meio de semana para a 36ª rodada do Brasileirão. Na quarta-feira (21), o Cruzeiro recebe o Vitória no Mineirão. No dia seguinte, o São Paulo vai a São Januário enfrentar o Vasco.

O melhor da partida foi Diego Souza. Após desfalcar o São Paulo por conta de uma entorse no joelho direito na última rodada, ele retornou ao time titular neste domingo de forma decisiva.

O atacante anotou o gol que colocou o time paulista em vantagem aos 30 minutos do primeiro tempo. Depois de cobrança de escanteio de Nenê, Arboleda desviou de cabeça e o camisa 9 aproveitou para ajeitar no peito e emendar um belo voleio para a rede. Foi o centésimo gol do jogador em Brasileiros. Ele é o artilheiro do São Paulo na atual edição do campeonato, com 12 gols.

Apesar de poucas finalizações ao longo dos 45 minutos inicias, houve chances para as duas equipes marcarem no primeiro tempo. Sob forte chuva, a etapa inicial teve principalmente o São Paulo tomando a iniciativa das ações. A primeira boa chance aconteceu aos 15 minutos, quando Nenê finalizou cruzado de dentro da área e obrigou Fábio a grande defesa. Logo na sequência, veio a resposta e melhor chance do Cruzeiro até então. Barcos aproveitou cruzamento da esquerda, ganhou disputa pelo alto e cabeceou com perigo próximo à trave.

O jogo se manteve em equilíbrio até o gol do São Paulo, aos 30 minutos. Após abrir 1 a 0, o time do Morumbi viu o adversário se retrair e controlou bem para levar a vantagem para o intervalo.

Com a vantagem no placar, o São Paulo diminuiu o ímpeto na volta do intervalo. O time da casa abdicou de pressionar o rival e optou por conduzir o jogo de forma mais lenta. Mesmo sem a mesma iniciativa da primeira etapa, a equipe do Morumbi teve chances de matar o placar. A melhor delas foi aos 33 minutos, quando Nenê recebeu passe na marca do pênalti e acabou isolando. O placar mínimo, no entanto, mantinha o time da casa sob risco. Aos 35 minutos, por exemplo, Robinho arriscou um chute de fora da área e levou perigo ao gol de Jean.

Com informações da Folhapress.

© Marcos Ribolli

COMENTÁRIOS