Ministério Público arquiva denúncia contra transmissão da Missa do Padre Cicero
14/08/2019 12:18 em Juazeiro do Norte

Denuncia feita junto ao Ministério Público Estadual de Juazeiro do Norte, pedindo a suspensão da transmissão da Missa do Padre Cícero pela TV, foi arquivada pelo Promotor de Justiça da José Silderlandio do Nascimento da 7ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte. Segundo a denúncia, a Prefeitura de Juazeiro do Norte não poderia investir no evento, porque o país é laico e seria um desperdício de dinheiro público. A Missa do Padre Cícero é um evento que acontece todo dia 20 de cada mês desde o ano de 1934, sempre às 06:00h. Desde os anos 70 a missa era transmitida pelas rádios, mas, nos últimos dez anos, a TV começou a transmitir ao vivo para o Brasil e o mundo. Foi na primeira administração do prefeito Raimundo Macedo que a missa começou s ser transmitida pela TV. Isso, de certa forma, incomoda pessoas que nunca fizeram nada por Juazeiro do Norte e não tem o menor interesse em ver a cidade crescendo e se desenvolvendo ano a ano.

Na decisão do Ministério Público cearense, o promotor José Silderlandio entendeu que o convênio firmado entre a prefeitura de Juazeiro do Norte e a Fundação Padre Cícero de Televisão, não fere a laicidade  garantida pela Constituição Federal e foi, inclusive, aprovado pela Câmara Municipal. O promotor fundamentou ainda em sua decisão que "o município de Juazeiro do Norte tem sua economia fundada principalmente no turismo religioso, que promove esse município a nível nacional, trazendo renda para as famílias juazeirenses". Finalizando o promotor disse  que "conforme analise na documentação, não foram evidenciadas irregularidades no convênio e nem foi identificado desvio de recursos público na execução dos serviços". A laicidade, segundo o promotor, nada mais é que uma forma de proteção de todas as manifestações religiosas. 

Para o Chefe de Gabinete da Prefeitura de Juazeiro do Norte, Jose Nildo Rodrigues, esse tipo de denúncia, a exemplo de muitas feitas junto as Promotorias de Justiça, nada mais é que um enorme desserviço a cidade e as pessoas que aqui vivem e trabalham honestamente. Segundo Nildo Rodrigues, cada cidade que possui um ícone, a exemplo de Juazeiro do Norte, tem que procurar divulgar onde for possível e tiver espaço. "Na Paraíba, por exemplo, a cidade de Souza ficou conhecida como a terra dos dinossauros. Em Varginha, Minas Gerais, tem a história do extra terrestre que por lá teria aparecido" afirmou Dr. Nildo, ressaltando que aqui no Ceará temos a cidade de Canindé com sua devoção a Sāo Francisco e em Santa Cruz, no Rio Grande do Norte, o município e o Governo Federal investiram muito no monumento de Santa Clara, um dos maiores do mundo. 

Para o prefeito José Arnon Cruz Bezerra, "toda vez que Juazeiro do Norte é mostrado na TV a nível nacional, isso nos trás mais turistas e reforça nossa economia ainda mais. Nossa cidade é a única em todo país que tem um evento todos os meses na mesma data e horário, vista no Brasil  por um pool de emissoras de TV, sendo captada ainda nas mais diversas plataformas da internet em todo mundo". O prefeito aplaudiu a decisão do Ministério Público em arquivar esse tipo de denúncia, uma vez que Juazeiro do Norte foi e sempre diferente, graça ao Padre Cícero Romão Batista. A prova disso, segundo Arnon Bezerra, está no monumento do Padre Cícero na colina do horto, que este ano celebra seus 50 anos de edificado, atraindo a cada ano mais romeiros e turistas de todas as partes do Brasil e do mundo.



Por Fábio Venturi
Miséria.com.br

 (Foto: Bulhoes Produções)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!