Ceará joga bem, mas é prejudicado pela arbitragem e perde o jogo
19/08/2019 09:42 em Esporte

Atuação segura, superioridade em muitos momentos do jogo e oportunidades para sair de campo com a vitória mesmo jogando fora de casa contra um adversário que briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Mesmo derrotado por 1 a 0, o Ceará teve desempenho positivo contra o São Paulo, ontem, no Morumbi lotado por 47.705 torcedores que acompanharam a estreia de Daniel Alves, autor do gol do jogo.

O Camisa 10 tricolor só não foi o protagonista da partida porque o árbitro Gilberto Rodrigues Castro Junior teve atuação determinante para o resultado, que poderia ter sido bem diferente não fosse erro crucial do pernambucano, que não marcou pênalti claríssimo de Tiago Volpi em Felippe Cardoso.

Aos 12 minutos do segundo tempo, o goleiro tricolor atropelou o atacante alvinegro dentro da área, em lance no qual houve contato do árbitro com o VAR pelo comunicador, mas sequer teve checagem no monitor. A decisão gerou muita reclamação dos alvinegros, que já tinham sido prejudicados em lances polêmicos contra Fluminense, Internacional e Chapecoense.

"De onde eu estava, no banco, tive certeza que foi pênalti. A forma que o Volpi sai, é muito imprudente. Eu queria entender o porquê da não marcação do pênalti. Como é que o VAR consegue não interferir nisso?! O São Paulo não tem nada a ver com isso, mas é porque era uma festa hoje e não podíamos atrapalhar, mas não avisaram a gente", esbravejou, ao fim do jogo, o técnico Enderson Moreira, elogiando o desempenho do time.

"Tenho muito orgulho da equipe pelo jogo que fez. Jogamos, marcamos em cima, criamos boas oportunidades".

Assim foi o jogo

A fala do treinador resume a atuação do Alvinegro. Na hora em que a bola rolou, o entusiasmo são-paulino pela estreia de Daniel Alves esbarrou na organização tática, entrega coletiva e de intensidade do Vovô, que esteve muito bem postado e impôs grandes dificuldades ao time da casa.

Mais que isso, teve as melhores oportunidades de marcar no primeiro tempo, sobretudo com Samuel Xavier e Ricardinho. O gol assinalado pelo astro Daniel Alves, em finalização de extrema categoria aos 39 minutos, após raro vacilo da defesa alvinegra, colocou o Tricolor Paulista em vantagem numa das únicas chegadas incisivas.

O lance que prejudicou o Vovô ocorreu no momento em que o time já havia retornado do intervalo com bom volume de jogo. João Lucas, Felippe Cardoso e Thiago Galhardo chegaram perto de empatar a peleja, mas não foi suficiente para impedir a vitória tricolor.

Mais que a derrota, o time cearense saiu de campo ainda com uma baixa preocupante. O zagueiro Luiz Otávio sofreu entorse no tornozelo direito, foi substituído e será reavaliado na capital cearense para determinação da gravidade da lesão. O Departamento Médico do clube iniciou tratamento fisioterápico para que ele esteja apto para a próxima rodada.

Com a derrota, o Ceará perdeu duas posições e encerrou a 15ª rodada na 11ª posição. O São Paulo é o 5º. O Vovô volta a campo no próximo domingo (25), contra o Flamengo, às 19 horas, na Arena Castelão. Mais de 25 mil ingressos já foram vendidos.

Diário do Nordeste



Por Agência Miséria
Miséria.com.br

(Foto: Reprodução/ Diário do Nordeste)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!