Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Homem acusa prefeito de Assaré de mandante de espancamento após críticas na rádio
10/09/2019 10:29 em Cariri

Um homem acusa o prefeito de Assaré de estar por trás das agressões que sofreu durante uma confraternização no último dia 7 de setembro. O biomédico Gerson Arrais Pinto Filho é um crítico da atual administração e diz que seu posicionamento pode te motivado represália.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Assaré nesta segunda-feira (9). Gerson conta que estava em uma festa quando se dirigiu ao banheiro químico e foi surpreendido por dois homens não identificados. Para a polícia, ele informou que sofreu chutes e foi agredido com um capacete.

Ainda no depoimento, Gerson diz que caiu duas vezes no chão e ouviu um barulho de tiro, mas não soube identificar de onde veio e nem se os agressores estavam armados. O documento registrado na polícia destaca que, para as autoridades, Gerson disse não ter "inimigos", e que faz críticas "contundentes em embasadas" à atual gestão.

Em um vídeo gravado pelo repórter Jocélio Leite, Gerson condiciona o ocorrido diretamente ao atual prefeito.

Em maio do ano passado, um homem de 74 anos registrou boletim de ocorrência em Crato acusando o prefeito de agressão. O Miséria cobriu o caso e mostrou em vídeo o depoimento de Francisco Pinheiro do Carmo. Na ocasião, o site não conseguiu contato com o chefe do Executivo.

A reportagem tentou mais uma vez contato com o prefeito e com um dos filhos por telefone. Nenhuma ligação foi retornada até o fechamento da matéria.



Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Miséria.com.br

(Foto: Jocélio Leite)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!