Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Patrulha Maria da Penha inicia funcionamento com visitas à vítimas de violência
18/09/2019 12:15 em Juazeiro do Norte

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, iniciou a Patrulha Maria da Penha, na segunda-feira, 16. Foram visitadas vítimas da violência, com medidas protetivas concedidas pelo poder judiciário, em quatro bairros. Elas aceitaram receber as visitas periódicas dos patrulheiros para inibir a aproximação dos agressores. 

O patrulhamento está sendo realizado por uma equipe de quatro guardas civis; dois homens e duas mulheres. São 16, no total, atuando 24h por dia, inclusive nos finais de semana e feriados. Eles estão orientando as mulheres sobre os seus direitos, diante da Lei Maria da Penha, e as formas de denunciar. Além do telefone, 153, há um aplicativo para Android, o Shout, que significa grito. O anonimato da denúncia é preservado.

As medidas protetivas estão chegando à Sesp via e-mail, depois que foi firmado termo de cooperação entre o município e o Juizado da Violência Doméstica e Familiar. Para atender às ocorrências, a Guarda Civil Metropolitana foi capacitada, passou por prova teórica e teste psicológico.

"As mulheres já mostram que estão se sentindo mais seguras e estão dizendo que vão acionar a GCM em caso de ameaça. Todas nós estamos apostando na redução do índice de reincidência das agressões", diz a Secretária de Segurança Pública e Cidadania. Ivoneide Antunes ainda reforça que, se descumprir a medida protetiva, o agressor estará sujeito à prisão.

É válido enfatizar que a Patrulha Maria da Penha, em Juazeiro do Norte, é uma política pública pioneira no Estado do Ceará.

ascom

Fotos : Carlos Lourenço

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!