Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Governador e vice-governadora se reúnem para tratar sobre projeto Superação
27/12/2019 12:01 em Ceará

O governador Camilo Santana e a vice-governadora Izolda Cela se reuniram nesta quinta-feira (26), no Palácio da Abolição, para avaliar os próximos passos do projeto Superação, política de Estado que visa a criação de oportunidades para jovens na faixa etária de 15 a 29 anos. Até 2022, vão ser beneficiados cerca de 10 mil jovens que nem estudam nem trabalham, em diversas áreas de atuação – reinserção escolar, qualificação profissional, ação comunitária, cultura e esporte, entre outras.

“Discutimos um dos projetos prioritários para 2020: o Superação, que beneficiará cerca de 10 mil jovens cearenses em vulnerabilidade social. Esses jovens terão oportunidade de reinserção escolar, qualificação profissional e apoio financeiro do Governo do Estado. Fortalecendo a cidadania e criando oportunidade de emprego e renda para esses jovens, estaremos os protegendo do mundo do crime”, afirmou o governador Camilo Santana.

A primeira fase do projeto consiste da formação cidadã do jovem. Na segunda etapa, será realizada a reinserção escolar (regular, EJA ou Ceja), a qualificação profissional (saúde, metalmecânica, gestão em negócios, turismo, gastronomia, jardinagem e paisagismo, comunicação, design, entre outros), ações comunitárias e desenvolvimento esportivo e cultural. A terceira fase tem como objetivo a inserção dos jovens no mercado de trabalho.

“Essa é uma ação voltada para jovens que precisam de boas oportunidades para se reorganizar. A característica do projeto é recuperar aqueles que estão sem vínculo com a escola. Isso não é bom nem para ele nem para a sociedade. Eles terão, ainda, ações comunitárias e de formação profissional. Vamos resgatar esse jovem, levá-los para a sala de aula e capacitá-lo”, citou a vice-governadora Izolda Cela.

Atuação
Os eixos de atuação, que poderão ser adotados, isolados ou conjuntamente, em cada projeto:

– Formação cidadã;
– Qualificação profissional;
– Ação comunitária;
– Esporte, cultura e meio ambiente;
– Empreendedorismo social e gestão de projetos;
– Trabalho social com as famílias

Princípios do Programa
O Programa e seus projetos obedecerão aos seguintes princípios e diretrizes:

– Promoção da autonomia e participação do jovem;
– Reconhecimento do jovem como sujeito de direitos;
– Promoção do bem-estar, da experimentação, da criatividade e do desenvolvimento integral do jovem;
– Respeito à identidade e à diversidade individual e coletiva da juventude;
– Promoção da vida segura, da cultura da paz, da solidariedade e da não discriminação;
– Valorização do diálogo e convívio do jovem;
– Fortalecimento do vínculo familiar e pertencimento comunitário;
– Promoção da reinserção escolar;
– Ampliação das alternativas de inserção social e produtiva, priorizando o desenvolvimento integral;
– Promoção do acesso à produção cultural, à prática esportiva e à mobilidade territorial;
– Reconhecimento do bairro como espaço de integração;
– Redução da reincidência dos jovens egressos do Sistema Socioeducativo.

 

 

ASCOM

COMENTÁRIOS